Perda auditiva por envelhecimento

A perda de audição relacionada à idade é uma deficiência para ouvir que ocorre gradualmente na maioria de maioria das pessoas à medida que envelhecem e é muito comum em adultos maduros e idosos.

Normalmente ela acomete ambos os ouvidos, afetando-os igualmente. Como a perda é gradual, muitas vezes ela demora um certo tempo pra ser percebida e tratada, podendo causar por um longo período diversos problemas como, dificuldade de compreender conversas e ouvir telefones e campainhas.

Por que perdemos a audição quando envelhecemos

Muitos fatores podem contribuir para a perda auditiva à medida que se envelhece, o que dificulta distinguir a perda auditiva relacionada à idade da perda auditiva proveniente de outros motivos, como a exposição a longo prazo aos ruídos.

A perda auditiva por ruído é causada pela exposição prolongada a sons excessivamente altos, o que pode danificar as células ciliadas sensoriais no ouvido que são as grandes responsáveis pela audição. Uma vez que estas células ciliadas estão danificadas, elas não se regeneram, diminuindo a capacidade de ouvir da pessoa afetada.

Além disso, algumas doenças comuns em idosos, como hipertensão e diabetes, podem contribuir para a perda auditiva, assim como medicamentos usados para tratar outras enfermidades, sendo que a maioria das pessoas mais velhas não perdem a audição somente por um desses fatores e sim pela combinação de todos.

Como prevenir a perda auditiva relacionada à idade

Ainda não existe uma forma definitiva de prevenir a perda de audição causada pela velhice, no entanto, é possível diminuir os riscos tomando alguns cuidados ao longo da vida, como diminuir o tempo de exposição a barulhos altos ou usar protetores auriculares, caso não seja possível evitar ambientes com poluição sonora.

Também é importante lembrar que independente da idade, caso perceba-se perda da audição, o mais indicado é procurar um especialista que indicará o modelo ideal de aparelho auditivo para reparar o problema.